FAÇA PRIMEIRO O MAIS DIFÍCIL

“Isso não tem a ver com o que é fácil para você; tem a ver com a resolução
de problemas para seus clientes. No processo de inovação, concentre-se nas
partes mais difíceis de um conceito que você precisa compreender
corretamente. As questões fáceis podem (e devem) ser deixadas para um
momento posterior.”


Fonte: “Dez Tipos de Inovação” by Larry Keeley, Ryan Pikkel, Brian Quinn, Helen Walters)