Gestão do ego e outras avenças

É natural que tenhamos mais interesse pelas histórias de sucesso, desprezando ou ignorando aqueles que fracassaram no meio do caminho.

Isso vem desde a infância, quando as fábulas populares valorizam apenas os vencedores e o final feliz é uma regra ao término das histórias.

Essa cultura de valorizar só o sucesso foi levada ao mundo do trabalho. No ambiente corporativo, a competitividade extrema faz com que a ânsia pelo sucesso fortaleça comportamentos egóicos. Esse é o primeiro passo, e o mais comum para perder a mão de toda a equipe.

Se você dispõe de uma equipe na qual o ego é colocado lá em cima, terá disputas internas colocadas acima dos resultados coletivos. Faça com que sua equipe entenda que mesmo nas derrotas há muito a aprender, pois os fracassos deixam lições poderosas para as próximas tarefas e batalhas a serem enfrentadas.